Projecto

O projecto Anathema pretende criar o primeiro programa de promoção de saúde sexual entregue via smartphone. Para isso, vamos adaptar intervenções tradicionalmente realizadas em pessoa para dois públicos: pessoas idosas e pessoas com doenças crónicas, bem como seus parceiros.

Aproveitando as mais-valias dos dispositivos móveis e do design de interacção para utilizadores individuais e casais, o projecto Anathema vai tentar aumentar a adesão dos pacientes aos programas. Além disso, pretendemos que esta abordagem ajude a aumentar o número de pessoas com acesso a apoio de saúde sexual, tornando a aplicação altamente usável, envolvente e não estigmatizante, para que os utilizadores experienciem os benefícios do programa.

A História de Amor de Clare e Martin

A Clare saiu para fazer compras num Sábado de manhã. O telemóvel vibra com uma notificação – o Martin está a provocar-te. Ela ri-se e dirige-se a casa. Conheceram-se quando a Clare estava a treinar para ser chefe, em Amesterdão. Foi amor à primeira vista. Depois de uma vida em que viajaram pelo mundo, em que viveram a revolução sexual dos anos 60-70 e depois de criarem três filhos que hoje em dia têm as suas famílias, continuam tão apaixonados como no primeiro dia e agora podem voltar a namorar. O AVC do Martin quase que se meteu no meio no início. Embora tivessem conseguido recuperar quase toda a funcionalidade, a vida sexual e íntima do casal foi afectada e eles sentiram que isto estava a afectar o seu bem-estar e satisfação com a relação. Primeiro tentaram procurar informação online, mas havia muitos pontos de vista contraditórios. Até que um dia a Clare viu um anúncio enigmático para uma nova aplicação chamada Anathema. Ficou intrigada e foi pesquisar. A app tinha sido criada de acordo com métodos científicos e tanto ela como o Martin poderiam fazer download para o smartphone. Também tinham acesso a contactos de psicólogos para um apoio mais personalisado. Uma intervenção só durava cinco semanas, por isso decidiram experimentar e começaram logo a aprender sobre mitos relacionados com sexualidade, anatomia, saúde sexual e diferentes formas de a explorar e promover. Embora fossem pessoas bem instruídas, ficaram admirados com a quantidade de coisas que tinham a aprender sobre os seus próprios corpos. Foram surpreendidos por uma imagem gráfica rica, por uma boa experiência de utilização e divertiram-se a interagir com o smartphone um do outro. Como era fácil registarem pensamentos nos trabalhos de casa e como conseguiam facilmente ver o seu próprio progresso ao longo do tempo, sentiram-se motivados a completar o programa. Embora tisto tenha sido há um ano, as provocações continuam…

Motivação

O Anathema vai criar um programa de promoção de saúde sexual que seja inclusivo e envolvente para pessoas idosas e vai também demonstrar como é que pode ser customizado para responder a condições de saúde prevalentes nesta faixa etária e com impacto directo na saúde sexual: AVC, dada a sua prevalência Europeia e impactos funcionais, e o cancro colorrectal — um caso em que as pessoas se podem ver confrontadas com alterações corporais significativas.

Approach

Participatory Design

Anathema will count on involving older adults, colorectal cancer survivors, stroke survivors, psychologists and sexologists, care managers and clinical institutions in all project stages through a Participatory Design approach.

Approach

Positive Health

Addressing the innovative topic of sexual health, Anathema adopts a positive health approach, focusing on positive and pleasurable experiences rather than disability or sexual dysfunction. The European dimension of the project is crucial, given that sexual expression is strongly culturally rooted.

Objective

To design online sexual health interventions

Supporting both in-person and remote consultations, relevant in the context of COVID-19 and the needs of people who live geographically isolated.

Objective

To overcome sexual healthcare-seeking barriers

Imperative to promote and support older adults’ sexual quality of life and satisfaction, “positive sex life” and healthy ageing.

Approach

Participatory Design

Anathema will count on involving older adults, colorectal cancer survivors, stroke survivors, psychologists and sexologists, care managers and clinical institutions in all project stages through a Participatory Design approach.

Approach

Positive Health

Addressing the innovative topic of sexual health, Anathema adopts a positive health approach, focusing on positive and pleasurable experiences rather than disability or sexual dysfunction. The European dimension of the project is crucial, given that sexual expression is strongly culturally rooted.

Objective

To design online sexual health interventions

Supporting both in-person and remote consultations, relevant in the context of COVID-19 and the needs of people who live geographically isolated.

Objective

To overcome sexual healthcare-seeking barriers

Imperative to promote and support older adults’ sexual quality of life and satisfaction, “positive sex life” and healthy ageing.

Objective

To develop a discrete and ubiquitous sexual health companion to overcome stigma and embarrassment

Facilitate sexual health programme delivery, promote sexual health and, subsequently, relationship satisfaction, improving Anathema’s primary end-users’ quality of life.

Objective

To deploy an evidence-based and convenient tool for psychologists/ sexologists

With potential to improve healthcare outcomes and increase business size.